Infecção de urina na infância

Por:
Dra. Juliana Gomes Matielli

A infecção de urina na infância é uma das infecções bacterianas mais comuns na infância. No primeiro ano de vida, acontece mais em meninos e após esse período, é muito mais frequente no sexo feminino.
O trato urinário deve ser estéril (sem bactérias), mas a região perineal (que fica entre anus e genitália e sustenta os órgãos pélvicos) está normalmente colonizada por vários microorganismos. Se o paciente tiver fatores de risco, essas bactérias podem subir até o trato urinário e se multiplicar, causando infecção de urina.

Quais são os sintomas da infecção de urina na infância?
Os principais fatores de risco para infecção de urina na infância são: crianças que seguram voluntariamente a urina (padrão retentor miccional), presença de fimose, intestino preso, limpeza inadequada após evacuar e malformação do trato urinário.
Os sintomas da infecção de urina variam muito conforme a idade. Em bebês o quadro é mais inespecífico, como irritabilidade, recusa alimentar, aumento ou redução de temperatura, dor e/ou distensão abdominal, dificuldade em ganhar peso, entre outros.
Já as crianças maiores tendem a ter sintomas mais específicos, como dor ao urinar, urgência ou perdas de urina, alterações do odor e do aspecto da urina.
É importante ficarmos atentos quanto à presença de febre, pois pode ser um sinal de comprometimento renal, também conhecido como pielonefrite.

Qual exame identifica a infecção de urina na infância?
O exame adequado para identificar a infecção de urina na infância é o exame de urina tipo I e urocultura. Porém é preciso tomar cuidado, quando não feitos ou coletados inadequadamente podem interferir tanto na investigação quanto no tratamento
Como evitar a infecção de urina na infância?
- Manter a fralda vazia: O acúmulo de urina na fralda de um bebê pode facilitar a infecção urinária. É importante deixar a fralda sempre limpa e, ao limpar, se certificar que está tudo certo.
- Urinar ao acordar, a cada 3 horas, com os pés apoiados.
- Melhorar ingestão de água e tratar o intestino preso.

A infecção de urina infantil é uma doença fácil de se evitada, por isso nossos pequenos devem receber toda a atenção possível. O tratamento apropriado é importante tanto para amenizar os sintomas, quanto para evitar sequelas nos rins (cicatriz). Já a investigação com exames de imagem, deve ser individualizada para cada caso.
INFECÇÃO DE URINA NA INFÂNCIA

A infecção de urina na infância é uma das infecções bacterianas mais comuns na infância. No primeiro ano de vida, acontece mais em meninos e após esse período, é muito mais frequente no sexo feminino.
O trato urinário deve ser estéril (sem bactérias), mas a região perineal (que fica entre anus e genitália e sustenta os órgãos pélvicos) está normalmente colonizada por vários microorganismos. Se o paciente tiver fatores de risco, essas bactérias podem subir até o trato urinário e se multiplicar, causando infecção de urina.

Quais são os sintomas da infecção de urina na infância?
Os principais fatores de risco para infecção de urina na infância são: crianças que seguram voluntariamente a urina (padrão retentor miccional), presença de fimose, intestino preso, limpeza inadequada após evacuar e malformação do trato urinário.
Os sintomas da infecção de urina variam muito conforme a idade. Em bebês o quadro é mais inespecífico, como irritabilidade, recusa alimentar, aumento ou redução de temperatura, dor e/ou distensão abdominal, dificuldade em ganhar peso, entre outros.
Já as crianças maiores tendem a ter sintomas mais específicos, como dor ao urinar, urgência ou perdas de urina, alterações do odor e do aspecto da urina.
É importante ficarmos atentos quanto à presença de febre, pois pode ser um sinal de comprometimento renal, também conhecido como pielonefrite.

Qual exame identifica a infecção de urina na infância?
O exame adequado para identificar a infecção de urina na infância é o exame de urina tipo I e urocultura. Porém é preciso tomar cuidado, quando não feitos ou coletados inadequadamente podem interferir tanto na investigação quanto no tratamento
Como evitar a infecção de urina na infância?
- Manter a fralda vazia: O acúmulo de urina na fralda de um bebê pode facilitar a infecção urinária. É importante deixar a fralda sempre limpa e, ao limpar, se certificar que está tudo certo.
- Urinar ao acordar, a cada 3 horas, com os pés apoiados.
- Melhorar ingestão de água e tratar o intestino preso.

A infecção de urina infantil é uma doença fácil de se evitada, por isso nossos pequenos devem receber toda a atenção possível. O tratamento apropriado é importante tanto para amenizar os sintomas, quanto para evitar sequelas nos rins (cicatriz). Já a investigação com exames de imagem, deve ser individualizada para cada caso.

depoimentos

Confira alguns depoimentos de nossos pacientes

Este é o segundo ano que tomamos vacina da gripe a Tetravalente e é excelente o atendimento e profissionais que sabem o que faz. Tratamento diferenciado e conhecimento na área de saúde. Indico.

Wagner Galli

Meu filho passa na clínica para atendimento com os pediatras, dentistas e também toma vacina, clínica completa em especialidades e infraestrutura, atendimento diferenciado e altíssima qualidade...adoro esse lugar, super recomendo.

Alanna Conrado

Dr. Fabio é fantástico, nos dá todo o suporte em todos os momentos. A clínica é completa, alem de pediatras, conta com laboratório e dentistas. Recomendo para todos os pais, principalmente aos de primeira viagem!

Antonio Paschoal

Excelente clínica. Atendimento na recepção muito bom, funcionários sempre muito atenciosos e simpáticos. Estacionamento gratuito com manobrista. Fazemos acompanhamento com a Dra Juliana nefrologista, que além de ser uma ótima profissional, é uma médica muito atenciosa e querida!!!!

Giovana Bregnoli